Colômbia estabelece toque de recolher para conter pandemia


O presidente da Colômbia, Iván Duque, anunciou neste domingo (4) o estabelecimento do toque de recolher no país a partir de meia-noite desta segunda-feira (5) para conter o avanço do contágio do coronavírus.

A medida, que vai até meia-noite de 19 de abril, deve variar de acordo com a situação de casos, mortes e ocupações de UTIs (unidades de terapia intensiva) por Covid-19 nas cidades da Colômbia.

“Vemos com preocupação a situação de vários países da Europa que registram mais de 30 mil ou 40 mil casos em um único dia. E vemos também, com preocupação, vários países da América Latina que viram sua capacidade de resposta no sistema de saúde se exacerbar”, disse Iván Duque.

“Existe um risco de uma nova ascensão nacional [de casos de coronavírus] nas próximas semanas. Portanto, devemos atuar, prevenir e tomarmos decisões oportunas”, completou.

Medellín, Cali, Santa Marta e Barranquilla registraram alta de casos, mortes e de ocupação de UTI.

 

O presidente da Colômbia, Iván Duque

O presidente da Colômbia, Iván Duque (Foto: Telesur)