MS: Procura por testes rápidos para Covid-19 cai 63% na capital e preocupa autoridades locais

As autoridades públicas do Mato Grosso do Sul externam uma preocupação relacionada à exposição da população aos riscos da Covid-19. No último feriado, as cenas em algumas cidades do estado eram de aglomeração em meio a um cenário que ainda preocupa por causa do novo coronavírus.

Além disso, houve uma redução de 63% na procura de testes rápidos e 40% nos testes de RT-PCR em Campo Grande. O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, entende que esta baixa em relação a testagem causa um sinal de alerta. Segundo ele, “a população está perdendo o medo da doença, e ao mesmo tempo, há uma parte importante que acredita que a doença pode ser vencida, mas não é isso que está acontecendo”.

CNS alerta para lentidão na utilização de recursos ao combate da Covid-19

Portaria atualiza repasses do Piso Fixo de Vigilância em Saúde

A médica infectologista, integrante do COE/MS, Mariana Croda, afirma que a não realização das testagens é um sinal ruim para a saúde pública. Além disso, ela apresenta outras hipóteses que podem contribuir para esse não comparecimento, como a diminuição do número de sintomáticos, negligência e perda do temor à doença ou ainda uma melhora da curva.

 

Foto: Arquivo/EBC

Leia também

Pesquisa aponta que país gasta R$ 1.398,53 em despesas relacionadas à saúde pública por habitante

Pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM) aponta que, em 2019, as esferas federal, estadual e municipal gastaram R$ 1.398,53 em despesas relacionadas à...

Representantes da indústria defendem tributação mais justa para o segmento

Representantes da indústria defenderam em live nesta última quinta-feira (22) um tratamento tributário mais justo para o segmento. No evento “Indústria em Debate: o...

“30% dos estabelecimentos não vão abrir as portas”, diz diretor da Abrasel

Após sete meses de quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus, os setores econômicos de todo mundo precisaram se reinventar. Mesmo com todas as...

Últimas

Pesquisa aponta que país gasta R$ 1.398,53 em despesas relacionadas à saúde pública por habitante

Pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM) aponta que, em 2019, as esferas federal, estadual e municipal gastaram R$ 1.398,53 em despesas relacionadas à...

Representantes da indústria defendem tributação mais justa para o segmento

Representantes da indústria defenderam em live nesta última quinta-feira (22) um tratamento tributário mais justo para o segmento. No evento “Indústria em Debate: o...

“30% dos estabelecimentos não vão abrir as portas”, diz diretor da Abrasel

Após sete meses de quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus, os setores econômicos de todo mundo precisaram se reinventar. Mesmo com todas as...

Extratos bancários de partidos devem ser divulgados em tempo real

A exemplo do que já ocorre com as prestações de contas eleitorais, a partir de agora os extratos das contas bancárias dos partidos serão...

COVID-19: Centros Imunológicos recebem incentivo de R$ 113 milhões

Subsetores da Saúde pública como os Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIEs) que tratam pessoas com doenças imunossupressoras, tratamentos de síndromes respiratórias, as...